Digite a senha



Digite a senha



O que deseja fazer?



Recuperação de senha



Área do aluno

Oncogeriatria: saiba mais sobre o tratamento do câncer em idosos

Você está localizado em: Home » Notícias » Oncogeriatria: saiba mais sobre o tratamento do câncer em idosos



O número de pessoas acima de 60 anos chegará a 2 bilhões até 2050,de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Ou seja, nas próximas décadas,  um quinto da população mundial será de idosos. 

 

Ao mesmo tempo em que se vive mais, também cresce a preocupação com os problemas de saúde que podem atingir os idosos - entre eles, o câncer. 

 

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), idosos têm 11 vezes mais chances de desenvolverem algum tipo de câncer que a população adulta mais jovem. A causa pode estar relacionada a maus hábitos acumulados ao longo da vida, como sedentarismo, consumo de álcool e cigarro e alimentação pobre em nutrientes. 

 

Para acompanhar essa população e identificar precocemente a doença e as melhores terapias, a oncogeriatria vem ganhando espaço nos hospitais. Saiba mais sobre como essa modalidade funciona e qual sua importância no processo de tratamento. 

 

 

O QUE É ONCOGERIATRIA

 

Embora haja inúmeros progressos relacionados ao tratamento e cura do câncer, ainda há um déficit significativo na etapa de diagnóstico. Entre os idosos, sintomas como a perda de peso e de apetite, mudanças no hábito intestinal ou cansaço excessivo são frequentemente confundidos com sinais da idade ou outras doenças. Por isso, cabe ao geriatra identificar se eles podem ser indícios de algo mais grave. 

 

A oncogeriatria não é uma especialidade médica, mas sim um trabalho multidisciplinar conduzido por geriatras e oncologistas. Quando um idoso é diagnosticado com algum tipo de neoplasia, ele é encaminhado para a oncologia e cabe a essa especialidade prescrever o tratamento mais adequado para o combate da doença. 

 

Por se tratar de um público idoso e com diferentes tipos de limitações e/ou necessidades, o geriatra segue fazendo o acompanhamento durante todo o processo. Isso é feito através de consultas e exames de rotina e, a qualquer sinal, o profissional encaminha o paciente para uma das especialidades que formam o corpo multidisciplinar, entre eles nutricionistas, psicólogos e fisioterapeutas

 

 

TRATAMENTO DO CÂNCER EM PACIENTES IDOSOS

 

Após os 60 anos, fazer o acompanhamento médico periódico é fundamental. É através dessa rotina que o geriatra pode identificar possíveis disfunções e direcionar o paciente idoso para o tratamento mais adequado. 

 

Quando um geriatra diagnostica um câncer, a primeira ação é indicar uma consulta com um médico oncologista. Esse profissional é responsável por avaliar a condição clínica do paciente e identificar o tipo de tratamento mais adequado para a doença. Antes de iniciá-lo, no entanto, oncologista e geriatra se reúnem para que, juntos, possam discutir o quadro e o melhor caminho a ser seguido, pensando na recuperação e na qualidade de vida do idoso. 

 

É durante o acompanhamento com o geriatra que são avaliados aspectos variados, como nutricionais, psicológicos e funcionais. A partir dessas análises, o especialista é capaz de montar uma ficha médica completa, com as restrições do paciente e suas possíveis necessidades especiais. 

 

 

IMPORTÂNCIA DA ONCOGERIATRIA NO TRATAMENTO DO CÂNCER

 

Embora haja avanços significativos em torno dos tratamentos oncológicos, terapias como a quimioterapia e a radioterapia geram desgaste e, muitas vezes, efeitos colaterais. Em um paciente idoso, eles podem ser potencializados não só pela idade, como por outras disfunções. Por isso, a interdisciplinaridade da oncogeriatria é uma medida importante que proporciona bem-estar ao paciente durante todo o tratamento. 

 

Além de questões clínicas, como o monitoramento do próprio câncer e de outras doenças, a troca entre especialidades permite ao idoso ser assistido por diversas frentes. É o caso das indicações complementares, como os psicólogos, nutricionistas e fisioterapeutas

 

Com uma avaliação completa e detalhada, a equipe de profissionais tem visão minuciosa das condições do paciente, podendo oferecer tratamentos com resultados mais eficazes, que equilibrem recuperação e bem-estar. 

 

Saiba mais:A importância da fisioterapia oncológica para pacientes com câncer 

 

Crédito da imagem: Pessoas foto criado por freepik - br.freepik.com

Notícias relacionadas


Newsletter

Preencha seu e-mail e receba as novidades do Instituto Oncofisio em seu e-mail!

© 2009/2021 - Oncoexperts: Todos os Direitos Reservados

O conteúdo deste site tem objetivo estritamente informativo. Em hipótese alguma substitui a consulta ou tratamento médico e fisioterapêutico.

Em caso de dúvida, procure seu médico ou fisioterapeuta.

Endereço: Rua Afonso Celso, nº 19 - Vila Mariana - CEP: 04119-000 - São Paulo - SP

Telefone: (11) 2659-7001