Digite a senha



Digite a senha



O que deseja fazer?



Recuperação de senha



Linfotaping: mais um recurso no tratamento dos linfedemas

Você está localizado em: Home » Linfotaping: mais um recurso no tratamento dos linfedemas



O método Kinesio Taping foi desenvolvido na década de 70 pelo quiroprata e kinesiólogo Kenzo Kase. A técnica foi utilizada inicialmente na área esportiva, principalmente no Japão. A intenção da técnica era a de oferecer suporte muscular durante a prática esportiva sem restringir o movimento. O método foi ganhando espaço e popularidade, se distribuiu por toda a Europa e E.U.A., e atualmente cresce sua utilização pelos Fisioterapeutas em todo o Brasil.

Diferentes formas de aplicação e os benefícios do Taping, fizeram com que a técnica ocupasse cada vez mais espaço dentro da Fisioterapia. Dr. Kase coloca que a aplicação do taping tem diversos efeitos benéficos, incluindo diminuição de dor, suporte aos movimentos musculares, diminuição da congestão linfática ou hemorragias abaixo da pele e corrige ainda o desalinhamento articular. A técnica também pode ser utilizada em cicatrizes hipertróficas, que apresentam fibroses

O Linfotaping então, é uma das formas de aplicação de bandagens para os problemas de origem circulatório-linfáticas.

A técnica utiliza uma fita adesiva (bandagem) de material, textura e elasticidade semelhante a da pele. Através da colocação dessas bandagens a pele é “elevada” e desta forma os filamentos de ancoragem (que abrem os vasos linfáticos iniciais) são tracionados, permitindo a drenagem de substâncias, até então congestionadas no interstício (espaço entre os tecidos abaixo da pele). Assim o linfotaping estimula a movimentação destas substâncias através de todo o sistema linfático, favorecendo a sua absorção.

Os pacientes ficam com a bandagem por 3 a 4 dias e podem tomar banho sem problemas, visto que o material é resistente à água.

O linfotaping oferece ótimos resultados para aqueles que apresentam linfedema de consistência mais “dura” (com mais fibrose), amolecendo a região, facilitando a movimentação linfática. Para aqueles que apresentam linfedema de face, onde as manobras e técnicas descongestivas são de certa forma desconfortáveis, artigos relatam os benefícios da técnica e a colocam como mais uma possibilidade no tratamento do linfedema. Além da face, pode ser aplicada também em linfedemas de braços, pernas e tronco.

É importante salientar que o Linfotaping não substitui a Terapia Descongestiva Complexa, mas pode ser um excelente recurso para os pacientes que apresentam os linfedemas mais endurecidos e ainda para aqueles que não toleram as bandagens compressivas.

Prof. M.Sc. Mirella Dias
Doutoranda em Ciências Médicas – UFSC
Mestre em Saúde Pública – UFSC
Especialista em Fisioterapia Oncológica – SBFC
Vice-Presidente Regional SC – SBFC – Sociedade Brasileira de Fisioterapia em Cancerologia.
Docente da UNISUL – SC
Fisioterapeuta e Coordenadora do Serviço de Reabilitação do CEPON/SC – Centro de Pesquisas Oncológicas. 

Newsletter

Preencha seu e-mail e receba as novidades do Instituto Oncofisio em seu e-mail!

© 2010/2017 - Oncofisio: Todos os Direitos Reservados

O conteúdo deste site tem objetivo estritamente informativo. Em hipótese alguma substitui a consulta ou tratamento médico e fisioterapêutico.

Em caso de dúvida, procure seu médico ou fisioterapeuta.

Endereço: Rua Joaquim Távora, 303 - Vila Mariana (CEP: 04015-000) - São Paulo - SP

Telefone: (11) 3255-4727

Desenvolvido por:

Grupo Uebtech - Soluções Empresariais